A Gaiola Dourada

Se vos disserem que é um filme de emigrantes e para emigrantes, não acreditem. A Gaiola Dourada, do estreante Ruben Alves, é um filme descontraído e convida a uma reflexão acerca da nossa identidade enquanto portugueses. Quando vi a ante-estreia no Panazorean, saí da sala de cinema não só com um sorriso no rosto como com a convicção de que, por vezes, nos subestimamos.

Se tiverem oportunidade, não deixem de ir ver!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s