Brasileiro – Selvagens à Procura de Lei

Então você é o novo povo brasileiro
Que vende e faz compras no estrangeiro
Nossos índios em algumas poucas memórias
Os de fora nos livros das nossas escolas.

Futebol e cerveja é mesmo fantástico
Ta na folha
No povo
No eclesiástico
Utopia pra você
Radio e tv para tia
Nossos heróis de verdade morreram por covardia.

Porque eu sou brasileiro
Meu ano só começa quando passa fevereiro
Pobre ou rico ou classe média
Levante a mão de quem já sentiu puxar a sua rédea.

Nas prisões eles traçam planos de fuga
Enquanto suas esposas puxam as rugas
De filhos a herdeiros, sanguessugas
A nação que corre com passos de tartaruga.

Desculpe se a letra está ficando difícil
É que eu nunca treinei para fazer comício
Nasci e me criei em fortaleza
Não tenho e nem faço questão da vossa nobreza.

Porque eu sou brasileiro
Meu ano só começa quando passa fevereiro
Pobre ou rico ou classe média
Levante a mão de quem já sentiu puxar a sua rédea.

O brasil é medroso
Você também é
Música não pra cabeça
Mas feita pro pé
Já que é assim
Então segura mais essa: 17 milhões vivem nessa miséria.

Mas você não precisa
Se importar tanto com isso
Quando esse tapa se for terminado está o serviço
Pode crer, bote fé, tudo vai voltar ao normal
Não era isso que você queria ouvir afinal?

Porque eu sou brasileiro
Meu ano só começa quando passa fevereiro
Pobre ou rico ou classe média
Levante a mão de quem já sentiu puxar a sua rédea.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s